Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 22 de Julho de 2014

A parábola do gatinho

Foto do Riscas captada pela minha irmã

É bem clara a minha paixão por gatos! 
Ao ponto de nestas férias, a minha filha dizer-me que se só me pudesse definir em duas palavras, essas seriam:
Jesus e  gatos!
São várias as pessoas que pensam em mim quando vêem algo com gatos ou alusivas a Jesus.
E sinceramente, fico mesmo muito, muito feliz por me associarem a Jesus Cristo! Não poderia ficar mais radiante!
Até mesmo através dos gatos, escuto os ensinos de Deus.

Ontem tive uma alegria muito grande, quando após 15 dias desaparecido, o gatinho da família, o Riscas, apareceu!
Quando abri a porta do quintal e vejo o gatinho a correr na minha direcção, fui tomada de tamanha alegria, que chorei compulsivamente abraçada ele! 
Chorei de alegria por ele ter voltado e de alegria porque nunca tinha perdido a fé e a esperança de que, caso ele tivesse vivo, que Deus o traria de volta para casa.
O gatinho está feliz por ter voltado e a maneira que encontra para o demonstrar, é fazer ron-ron, dar-nos turrinhas meigas e só quer o nosso colo e afecto.
Ao mesmo tempo, está medroso e desconfiado, coisa que ele não era. Com certeza, foi uma aventura que lhe deixou algumas marcas.
Quando estou de férias com os meus gatos, também estou sempre a vigiá-los para que não saltem os muros e se afastem, pois não conhecem o local e podem com facilidade perderem-se, por não estarem familiarizados com o sítio.
Faço isso porque gosto deles e quero o bem deles, mas também não desejo privá-los da sua liberdade.
Mas a natureza deles é esta: serem curiosos e explorarem o desconhecido!

Com a alegria que experimentei com o regresso do gatinho ao lar, pensei na parábola que Jesus  nos contou, do filho perdido que regressou a casa, em Lucas 15.
A alegria do Pai foi tanta, que assim que ele viu o filho ao longe, correu logo na sua direcção e o abraçou e beijou de tanta alegria! Apesar de na Bíblia não o referir, acredito que as lágrimas de alegria também fizessem parte.
O filho reconheceu o quanto foi insensato por ter rejeitado o amor e a provisão do seu pai e partir à aventura, seguindo os desejos da sua própria vontade. 
Na casa do seu pai ele tinha de tudo e nada lhe faltava e ainda assim, foi rebelde e saiu de casa.
E o pai, por tanto o amar, não o impediu de seguir o seu caminho. 
Quando se ama, ainda que o alvo do nosso amor queira seguir outro rumo, o amor deixa ir.

Tal como o amor de Deus por nós.
Deus ama-nos tanto, que nos dá a liberdade de O rejeitar e seguir a nossa própria vontade. Sofrendo as consequências dessa escolha.
Nem Deus tem o poder de fazer alguém amá-Lo. Senão, não seria amor!
O desejo de Deus é que O amemos, ao ponto de que obedecer-lhe seja o maior alvo do nosso coração, pelo tanto amor que Ele nos tem. 
E tal como o filho perdido ou o gatinho, que foram alvo do amor e alegria por terem voltado ao lar, a alegria e o amor do Pai Celeste em nos receber e acolher estará sempre, sempre ao nosso dispor!
Nunca é tarde para regressar ao lar e ao abraço do Pai!
Como afirmou D.L. Moody: "Deus nunca despede ninguém vazio, a não ser aqueles cheios de si mesmos."


quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Jesus é Emanuel ...



... Deus connosco!


"... e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos."
Mateus 28:20

sexta-feira, 27 de Junho de 2014

Voos altos

Foto captada por mim

Hoje resgatei uma andorinha das garras do meu felino!
Comecei a ouvir um piar muito aflito que vinha da varanda e pensei logo que seria uma andorinha.
E assim foi: ela piava e piava aflita, enquanto o gato tentava agarrá-la.
Consegui ir a tempo e apanhei-a.
Assim que sentiu que estava na minha mão, sossegou de imediato e parou de piar.
Fiz-lhe festas, sussurrei para ela se acalmar e ela deixou-se ficar, bem segura na minha mão.
Verifiquei se não estava ferida e depois de ver que estava mais calma, coloquei-a no parapeito da janela para voar de encontro aos seus progenitores, visto que ela ainda era jovem.
Abri a mão para ela sair, mas ela nem fez qualquer esboço para fugir da minha mão.
Queria continuar lá, na minha mão, segura.
Mas era hora dela voltar à vida, voar alto e quem sabe, aprender com aquela lição.

Muitas vezes sou como essa andorinha.
Sou apanhada por situações, circunstâncias, o inimigo ou pessoas que me podem prejudicar, fazer mal, sofrer, prender.
Aí clamo ao Pai do Céu, pedindo a Sua ajuda, o Seu livramento, a Sua protecção, a Sua direcção.
Então,  ao escutar-me e na hora certa, Ele estende a Sua mão, pega em mim, sussurra-me palavras de encorajamento, de disciplina, de amor, para me ajudar.
E o meu desejo é ficar assim, sempre na Sua mão poderosa, debaixo do Seu cuidado.
E fico, sei que sim!
Mas Ele também sabe que depois preciso de voltar a caminhar, pelos meus próprios pés, aprendendo a depender Dele e a confiar sempre na Sua ajuda.
Tal como libertei a andorinha para voltar a voar livremente, assim faz o meu Pai Celestial:  abre a mão, para que eu continue a voar, voos altos, pois foi para isso que Ele me libertou!

Procurem então, com firmeza, permanecer livres, beneficiando da liberdade com que Cristo nos libertou, e não se deixem prender de novo a cadeias de sujeição. 
Gálatas 5:1


sexta-feira, 20 de Junho de 2014

100%


Enquanto lia o Salmo 37, fui destacando as palavras "confiar em Deus", "colocar a tua confiança em Deus" presentes no salmo.
São cerca de uma dezena ou mais, dependendo das versões.
Confiar em Deus é o passo, o caminho que devemos seguir, para receber também Dele, as promessas relacionadas com a nossa confiança Nele.
No entanto, quantos de nós confiamos a 100% em Deus?
Creio que nenhum de nós, que se dizem seguidores de Jesus, poderão afirmar plenamente isto.
Mas é isto que Deus pede de nós! Que confiemos plenamente Nele, sempre!

Lia outro dia uma história de um homem que atravessava o Niagara, de um lado para o outro, em cima de uma corda bamba, um carrinho de mão, onde colocava um saco de 200 kilos e depois rolava sobre a corda e atravessava para o outro lado.
A multidão que assistia ficava impressionada e gritava entusiasmada. Então o homem perguntou se havia alguém na multidão que acreditava que ele conseguia levar um homem para o outro lado da margem. Um homem na primeira fila, que estava bastante animado, colocou-se logo à frente para ir. Mas quando chegou o momento, ele desistiu e saiu do carrinho de mão.

E é isto que sucede muitas vezes com os que dizem crer em Jesus. Muitos dizem que crêem. Muitos afirmam que são Seus seguidores. Mas quando chega a hora de entrar no carrinho de mão, muitos não entram, pois nunca se entregaram a 100% a Jesus como Senhor e Salvador das suas vidas. Na hora das aflições, das provações, quando chega a hora de escolher entre Deus ou os nossos desejos materiais, carnais, etc, saímos do carrinho de mão.
E Jesus deixou um alerta para quem não está disposto a segui-Lo plenamente, para quem não está disposto a tomar a Sua cruz e seguir os Seus passos. Ele disse em Lucas 9:62 :

"Todo aquele que pega na charrua e olha para trás, não serve para o reino de Deus."

Confiar em Deus plenamente é sempre o melhor Caminho, sempre o melhor passo a dar.

Chamando os discípulos e o povo para o ouvirem, falou-­lhes assim: 
Se algum de vocês quiser ser meu seguidor, deve esquecer-­se de si mesmo, tomar a sua cruz e seguir-­me. Se quiserem salvar a vossa vida, perdê-­la-­ão. Só quem abandona a sua vida por minha causa e por causa do evangelho descobrirá a vida verdadeira. Que aproveita a um homem ganhar o mundo inteiro se perder a alma? Haverá alguma coisa que valha mais do que ele próprio? Todo aquele que se envergonhar de mim e da minha mensagem nestes dias de incredulidade e pecado, eu, o Filho do Homem, me envergonharei dele quando voltar na glória de meu Pai, com os santos anjos.”
Marcos 8:31-36

quinta-feira, 19 de Junho de 2014

Tempo com Deus


Ninguém permanece a mesma pessoa, quando decide passar tempo com Deus a cada dia.
Aprendi que quando separo tempo para orar e escutar Deus através da Palavra, não é Deus quem muda, pois Ele é o mesmo, hoje, ontem e sempre -  quem muda sou eu!
Essa mudança é gradual e irá ocorrer ao longo de todo o tempo que viverei aqui na Terra.  Mas também sei, pela Palavra de Deus, que Ele não vai deixar a obra que iniciou em mim, incompleta, pois Ele mesmo a completará até ao dia de Cristo!
Ainda hoje pela manhã, ao acordar, um cântico brotava no meu coração:

"A alegria de Jesus é sempre o meu poder
 O amor de Jesus é sempre o meu poder
 A paz de Jesus é sempre o meu poder
 A alegria, o amor e a paz são o meu poder."

E isto é tão verdade!
Só quando experimentamos a presença diária de Deus nas nossas vidas, que podemos ter esta certeza !

C.S.Lewis escreveu:
"No momento em que tu acordas a cada manhã, os teus desejos e esperanças para o dia correm para ti como animais selvagens. E o primeiro trabalho de cada manhã consiste em empurrá-los todos de volta; em ouvir aquela outra voz, deixando aquela outra vida mais forte, maior e mais tranquila entrar fluindo em ti."

Faz toda a diferença passar tempo com Deus, ouvindo a Sua voz, deixando que Ele nos vá moldando, como barro nas mãos do oleiro.
Só assim encaras o dia com outra perspectiva, com outra esperança, alegria e paz.
E ao deitar, gosto sempre de me imaginar deitada na Sua mão, bem guardada e protegida, sabendo que "Não dormitará e nem dormirá aquele que guarda Israel" (Salmo 121:4) e que "... aos seus amados, Deus supre enquanto dormem." (Salmo 127:2)

Tens pedido a Deus para que mude o teu coração? Para que te tornes mais semelhante a Jesus?
Então, passa tempo com Ele! Deus responderá, com toda a certeza, a essa oração.

Como disse D.L.Moody: "Deus não despede ninguém vazio, a não ser aqueles cheios de si mesmos."

quarta-feira, 18 de Junho de 2014

O tempo entre-parentesis

Somos mordomos do tempo que temos. 
Deus deu a cada um de nós um "pedaço da eternidade" chamado tempo. 
Estes momentos preciosos são oportunidades distribuídas para nós, para o nosso benefício e para a glória de Deus. 
Se usarmos o tempo com sabedoria, Deus tece-os no tecido da eternidade. 
Jesus nos disse que onde estivesse o nosso coração, aí estaria o nosso tesouro e que deveríamos ajuntar tesouros no Céu e não na Terra, pois tudo na Terra desaparecerá, mas o que juntarmos no Céu, se projectará pela eternidade. 
Então, que tipo de tesouros estou eu a juntar? Que faço com o tempo que é o hoje, mas que é um pedaço de eternidade, entre parentesis, aqui na Terra?
A vida logo passará; apenas o que é feito para Cristo durará. Este deveria ser o sentimento de cada homem e mulher que deseja ser um bom administrador do seu tempo. 



"Não desperdicem tempo em trabalho inútil, que para nada serve. É caminhar na escuridão. Ao contrário, denunciem a baixeza dessas coisas. É uma vergonha passar a vida fazendo tudo escondido, com medo que alguém descubra. Deixem que toda essa escuridão repugnante enfrente a luz e descubram como serão atraentes à luz de Cristo. Acordem! Ressuscitem para a nova vida! E Cristo mostrará a luz para vocês!
Portanto, olhem por onde andam. Usem a cabeça. Aproveitem ao máximo cada oportunidade! Vivemos tempos difíceis."
Efésios 5:11-16 - Versão "A Mensagem" 

sexta-feira, 6 de Junho de 2014

Obra nova e perfeita


Deus não se contenta em nos consertar, corrigir ou simplesmente transformar.
Ele deseja algo muito melhor e além daquilo que pensamos!
O trabalho Dele é fazer tudo novo: novas todas as coisas!
A obra de Deus é tão mas tão perfeita!


"Dar-vos-ei um novo coração e um novo espírito; tirar-vos-ei os corações de pedra e vos darei corações embrandecidos de amor por Deus, de tal forma que obedecerão sem dificuldade às minhas leis e serão o meu povo, e eu serei o seu Deus." -  Ezequiel 11:19

"Não faz mal que venham a esquecer isso tudo, essas coisas da vossa história passada, pois que nada são em comparação com aquilo que irei realizar! Será algo inteiramente novo. Olhem, até já comecei! Não estão a ver?" -   Isaías 43:18-19

"Jesus retorquiu: “ Digo-te muito seriamente que, se alguém não nascer de novo, não poderá ver o reino de Deus.”  - João 3:3

"Se alguém está ligado a Cristo, é uma nova pessoa; as coisas antigas passaram; tudo nele se fez novo!" - 
2 Coríntios 5:17

"E o que estava sentado sobre o trono disse: “Estou a fazer tudo de novo!” E dirigindo-se a mim acrescentou: “Escreve o que te vou dizer, porque são palavras verdadeiras e dignas de toda a confiança”. -  Apocalipse 21:5


quinta-feira, 5 de Junho de 2014

Sensibilidade infantil


Este gato foi dado a uma criança de 5 anos. 
O gato nasceu sem um olho e as pessoas ficaram surpresas ao ver que o gato tinha um olho falso. 
Perguntaram ao menino porque é que ele decidiu colocar um olho falso no gato e o menino disse:
- "Eu coloquei um olho falso para que os outros gatos não zombem dele. "
Ritah


quarta-feira, 28 de Maio de 2014

E há 14 anos atrás ...



... dei o meu testemunho de fé em Jesus, através do baptismo, dizendo:

- Sim, creio na morte e ressurreição de Jesus Cristo e quero segui-Lo para sempre, como meu Salvador e meu Senhor. Mais ainda: meu Amigo!

A melhor decisão da minha vida!! 
Deus é fiel!


Não me envergonho do evangelho, pois ele é o poder de Deus para salvar todos os que crêem, primeiro os judeus e também os não-judeus. Nele se revela a justiça de Deus por meio da fé. Como está escrito: o justo viverá pela sua própria fé.
 Romanos1:16, 17 


Eu não sou o que eu devia ser.
Eu não sou o que eu quero ser
Eu não sou o que eu espero ser.
Contudo, eu não sou o que eu costumava ser.
E, pela graça de Deus, eu sou o que eu sou.

John Newton (1725-1807)

quinta-feira, 22 de Maio de 2014

Mudança interior


O mundo diz que tudo o que precisamos fazer é sermos decentes, respeitáveis e civilizados.
É verdade, isso é importante para se viver em sociedade e ser um bom cidadão,  mas para ser um cidadão do Reino de Deus, deve primeiro haver uma mudança interior.
Um comunista em Hyde Park, Londres, apontou para um mendigo e disse:
"O comunismo vai colocar um fato novo nesse homem."
Então, um cristão que estava próximo, disse:
"Sim, mas Cristo vai colocar um novo homem nesse fato!"

Meditação por Billy Graham

É que quando alguém está unido a Cristo,  torna-se uma pessoa nova.
 As coisas antigas passaram. Tudo é novo. 
2 Coríntios 5:17

quarta-feira, 21 de Maio de 2014

O pior cego é o que não quer ver


“Creio na evolução não porque haja evidência coerente, mas porque é a única alternativa à Criação.” 
D. Watson, professor de Evolução, Universidade de Londres 

 “A evolução não é provada e é improvável; acreditamos nela porque é a única alternativa à Criação, que é
impensável.” Arthur Keith, antropólogo

“Não quero crer em Deus. Assim, escolho crer no que sei ser cientificamente impossível: evolução.” George Wald, prêmio Nobel, Harvard

O que diz a Palavra sobre isto?

"Mas o furor divino é despertado pela falta de confiança do ser humano em Deus, pelos erros repetidos, pelas mentiras acumuladas e pela manipulação da verdade. Mas a verdade essencial sobre Deus é muito clara. 
Abram os olhos e poderão vê-la! Se analisarem com cuidado o que Deus criou, serão capazes de ver o que os olhos deles não enxergam: o poder eterno, por exemplo, e o mistério do ser divino.
Portanto, ninguém tem desculpa. Vejam o que aconteceu: a humanidade conhecia Deus perfeitamente, mas deixou de tratá-lo como Deus, recusando-se a adorá-lo, e foi reduzida a um tão terrível estado de insensatez e confusão que a vida humana perdeu o sentido. Eles fingem saber tudo, mas são ignorantes sobre a vida. Trocaram a glória de Deus, que sustenta o mundo, por imagens baratas vendidas na feira.
Então Deus se pronunciou: "SE é isso que querem, é o que terão." 
Não demorou muito para que fossem viver num chiqueiro, enlameados, sujos por dentro e por fora.
Tudo porque trocaram o Deus verdadeiro por um deus falso e passaram a adorar o deus que colocaram no lugar do Deus que os fez - o Deus a quem bendizemos e que nos abençoa. Loucura total!"

Romanos 1:18-25 - Tradução A Mensagem

“Deus não despede ninguém vazio, excepto aqueles que estão cheios de si mesmos.” 
Dwight Moody 

sexta-feira, 16 de Maio de 2014

Águas tranquilas

Ó Eterno, meu pastor!
Não preciso de nada.
Tu me acomodaste em exuberantes campinas; encontraste lagos tranquilos e deles posso beber.
Orientado pela Tua palavra, pude recuperar o alento e seguir na direcção certa.
Mesmo que a estrada atravesse o vale da morte, não vou sentir medo de nada, porque caminhas ao meu lado.
O Teu cajado fiel me transmite segurança.
Tu me serves um jantar completo na cara dos meus inimigos.
Tu me renovas e o meu desânimo desaparece; a minha taça transborda de bençãos.
A Tua bondade e o Teu amor correm atrás de mim todos os dias da minha vida.
Assim, vou-me sentir em casa no templo de Deus por todo o tempo em que eu viver.

Salmo 23 - Versão A Mensagem

Foto captada por mim

terça-feira, 13 de Maio de 2014

Oferta de Amor



Porque há dias em que as palavras não são tão fáceis de encontrar ... e depois, escuto uma música com uma letra que expressa tão bem o que eu gostaria de Lhe dizer, de Lhe oferecer!


quinta-feira, 8 de Maio de 2014

Entre a vida e a morte, escolhe viver!

Hoje pela manhã lia uma passagem na Bíblia, que gosto muito e que diz assim:

"Por isso nunca desanimamos. E ainda que o nosso corpo fisicamente envelheça, interiormente contudo ele renova-se, com novas forças, dia após dia. Estas tribulações por que passamos, no fim de contas relativamente leves e passageiras, resultam numa abundância de ricas bênçãos de Deus, agora aqui, e para toda a eternidade.  E assim não nos prendemos com as coisas do tempo em que vivemos, mas procuramos fixarmo-nos naquelas que ainda não vemos. Porque as coisas desta vida passarão um dia; mas as realidades de Deus permanecem eternamente." - 
2 Coríntios 4:16-18


Esta passagem faz-me sempre pensar em muitas coisas.

Uma delas é que eu sou uma alma e tenho um corpo!
E este corpo é o lugar onde a minha alma vive.
Nem sempre me sinto bem com o meu corpo, por causa de problemas de doença, mau estar e com o passar dos anos, com o natural envelhecimento dele.
Na verdade, o meu corpo caminha para ficar em ruínas!

Apesar de todos os esforços humanos para conseguir vencer o envelhecimento, não há nada que reverta o processo que nos conduzirá à morte. A Bíblia mesmo nos diz que a morte é o salário do nosso pecado! Não há como fugir dela!
E nesta época materialista, em que cada vez mais se levanta um culto ao corpo, à saúde, ao bem estar, etc., esquecemo-nos que aquilo que é real, a parte permanente e eterna em nós, é invisível! Não se vê!

Não é errado cuidar do corpo. O problema está em não cuidar da nossa saúde espiritual, da nossa alma, pois é ela que permanecerá, quer se creia ou não nisso.
Então, aquilo que observo, é que os consultórios médicos estão cheios, mas cada vez menos as pessoas procuram O médico da sua alma, pois  acredito que boa parte dos problemas físicos  e emocionais, têm a sua origem dentro de nós, na nossa alma.

Deus deu-nos o fôlego da vida e o homem foi feito alma vivente. Deu-nos inteligência, consciência e vontade própria. Essa vontade própria levou-nos a escolher viver longe Dele.
E podemos sentir e viver o que essa separação tem causado.
Mas temos esperança, pois o mesmo Deus que nos criou, também construiu a ponte que nos liga outra vez a Ele:  seu Filho Jesus Cristo!
E na ressurreição, aquilo que é mortal, se revestirá de imortalidade e seremos semelhantes a Ele e para sempre viver na Sua presença!

Por isso, quando sinto dores no corpo, e sofro com isso, sei que é por breve tempo.
Aquilo que me aguarda não tem comparação com aquilo que vivi aqui!

Já agora, assistam a este vídeo. Faz-nos reflectir sobre isto também. Parece macabro fazer uma reflexão num cemitério, mas é onde todos iremos parar um dia: velhos, novos, ricos, pobres .. todos! A reflexão é muito boa! São 7 minutos que valem a pena .. talvez faça diferença para o agora e na tua eternidade!



terça-feira, 22 de Abril de 2014

Deus não está distraído

Foi assim que Ele me falou hoje.

"É que o Senhor está atento ao que se passa na terra,
 para dar força aos que confiam nele com todo o coração."
2 Crónicas 16: 9

domingo, 20 de Abril de 2014

God's Not Dead!



Let love explode and bring the dead to life 
A love so bold 
To see a revolution somehow 

Let love explode and bring the dead to life 
A love so bold 
To see a revolution somehow 
Now I'm lost in Your freedom 
In this world I'll overcome 

My God's not dead 
He's surely alive 
He's living on the inside 
Roaring like a lion [x2] 

Roaring He's roaring roaring like a lion 

Let hope arise and make the darkness hide 
My faith is dead I need resurrection somehow 
Now I'm lost in Your freedom 
In this world I'll overcome 

My God's not dead 
He's surely alive 
He's living on the inside 
Roaring like a lion [x2] 

Roaring He's roaring roaring like a lion 
Roaring He's roaring 

Let heaven roar and fire fall 
Come shake the ground 
With the sounds of revival [x3] 

My God's not dead 
He's surely alive 
He's living on the inside 
Roaring like a lion [x4] 

He's Roaring He's roaring He's roaring like a lion

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

A pessoa certa no lugar certo

O meu pai chegou ontem de viagem.
Descarregou as malas e todo o resto da bagagem, como costume, e com a ajuda dos netos, levaram tudo para casa.
Ao fim de algum tempo, ele precisou de ir buscar algo à carteira ... mas a carteira tinha desaparecido!
O meu pai procurou nos locais onde poderia estar, foi ao carro outra vez. Eu, a minha mãe e a minha filha voltámos à rua, para procurar melhor, não fosse a carteira ter caído entre algum dos carros estacionados, mas nada.
Naquele momento de alguma ansiedade, pois o meu pai tinha na carteira tudo quanto é cartão, desde o de cidadão, aos cartões de débito e crédito, passando pelos cartões de seguro, carta de condução, enviei uma oração a Deus para que Ele pudesse conduzir aquela situação da melhor forma.
Ao constatarmos que a carteira tinha mesmo desaparecido, o meu pai começa a fazer as chamadas telefónicas para o banco, para os alertar da situação.
De repente, o telefone toca e era a Lúcia, funcionária do meu pai a ligar porque um senhor tinha ido ao escritório entregar algo que devia pertencer ao meu pai: uma carteira que ele tinha encontrado no chão!
O dito senhor pegou na carteira e quando a abriu, viu que tinha muitos cartões, mas reconheceu uma foto do meu pai e pela foto, reconheceu o meu pai e soube que era alguém da empresa. E porque ainda existem pessoas que são íntegras, foi devolvê-la.
Não existem palavras de gratidão para situações assim, quando vemos a mão de Deus agir e colocar as pessoas certas nos lugares certos.
Tantas e tantas vezes isso nos sucede. Umas vezes damos por elas, outras não. Umas vezes Deus livra, outras não. Mas podemos ter a certeza de que Deus cuida, faz aquilo que é melhor para nós e está sempre à distância de um clamor, de uma oração, de um grito. 


quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Oferta de Amor


Parar

À conta do meu estado de saúde, não tenho escrito aqui com a assiduidade que procuro fazer.
A verdade, é que mesmo quando estou de boa saúde, nem sempre escrevo.
Não porque não tenha coisas para partilhar, mas porque as palavras me faltam tantas vezes, por não conseguir expressar o que sinto.
Ainda hoje pensava em como gostava de poder passar em palavras tudo aquilo que o meu coração experimenta e vive dia após dia.
Mas ter ficado duas semanas doente e uma semana em casa, ajudou muito a aquietar-me mais.
Acho que de algum modo, até me soube bem, tirando o facto de estar mesmo fraca e débil.

No frenesim que esta forma de viver hoje quase nos obriga, perdemos muito a capacidade de parar, de nos aquietar, de observar as coisas simples e belas que nos rodeiam, ao andarmos sempre tão ocupados e a correr freneticamente, procurando encher as nossas horas com coisas que na maioria das vezes, não nos servirão para nada.

A beleza de uma gota de orvalho numa folha, ou o nascer do sol, ou uma ave a alimentar a sua cria, ou o calor da mão de uma criança, ou a alegria de rir com os amigos, ou o chegar a casa depois de um dia complicado,  e por aí fora.  A lista é interminável, e no entanto, tantos desses belos momentos nos passam ao lado, simplesmente porque não nos aquietamos, porque andamos demasiado preocupados.

Perdemos o Hoje, os bons momentos do tempo presente, assim como a presença daqueles que temos do nosso lado, porque pensamos demasiado no passado ou naqueles que já não estão do nosso lado.

Lembrei-me das palavras de Jesus, quando Ele disse que veio para nos dar Vida. 
E essa vida não é somente a Vida que viveremos na Eternidade. Essa vida abundante começa aqui e agora!
Ela está aí para ser vivida, saboreada, desfrutada.
Nas coisas simples e belas que nos rodeiam.
No amor e dedicação aos outros.
Em saber parar e escutar o silêncio.
Em procurar ser e não ter.
Perdemos tanto tempo com coisas que não perdurarão, quando as melhores coisas da vida não têm preço, não se compram.

Por vezes, é mesmo necessário algo, que nos obrigue a parar e a aquietar.
Mas o ideal, é buscar esses momentos, sem nada que nos obrigue a tal.
Eles estão aí, mesmo ao nosso lado.
É só parar e aproveitar! 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails