Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Aparência - Reflexões sobre a parábola das duas casas II

"Todos os que escutam as minhas palavras e as seguem são sábios, como o homem que constrói a sua casa sobre uma rocha sólida. Pode a chuva cair em bátegas, podem vir enchentes, os ventos tempestuosos embater na casa, que ela não desabará, porque se encontra edificada sobre a rocha. Mas quem ouve as minhas palavras e as despreza é insensato, como aquele que constrói a sua casa sobre a areia. Pois, quando vierem as chuvas e as enchentes, quando a ventania se abater sobre a sua casa, esta desabará inteiramente.”
Mateus 7:24-27


Quando Jesus fala destas duas casas, logo a  nossa mente procura construir uma imagem delas.
Seriam diferentes ou iguais? Jesus não nos dá mais detalhes – se são feitas de madeira ou outro material, se com apenas um piso ou dois, qual a cor das paredes ou o estilo do telhado. De facto, o silêncio de Jesus quanto à aparência nos leva a presumir que, aparentemente, as duas casas seriam semelhantes. 

Um olhar então desatento poderia não perceber a distinção, exactamente por que a diferença não é visível. Uma lição importante aguarda-nos aqui – Não te deixes levar pelas aparências!
O mundo é levado pela aparência.  Nunca se gastou tanto com cosméticos e afins. Hoje em dia, o que vale não é necessariamente a competência, mas a aparência. Por fora todo o mundo é igual. Tu podes estar a desmoronar por dentro, mas se colocares uma bela máscara e sorrires para todos,  ninguém vai imaginar o que se passa dentro de ti. 
Nós somos facilmente impressionáveis, mas Deus não é. Nós podemos ser influenciados pela opinião dos outros, mas a base do trono de Deus é a verdade absoluta. 

Numa manhã, aparentemente comum em Israel, o profeta Samuel estava diante dos filhos de Jessé para ali buscar o sucessor de Saul. Ao olhar os rapazes enfileirados, o pai ao lado com o peito estufado cheio de orgulho, Samuel deixou-se levar pela aparência deles. Eram jovens fortes, vívidos e dispostos. 
“Estou no lugar certo”, deve ter pensando. “Deus sabe mesmo das coisas, olhem  para estes rapazes...”. Subitamente, os seus devaneios são interrompidos pela voz inconfundível do Senhor: “Samuel!” 

- “Sim Senhor! Achei a casa de Jessé...e devo dizer, o Senhor sabe mesmo das coisas! Eles parecem-me prontos a ser o novo rei de Israel – olhe este mais velho aqui...” 
- “Não Samuel. Aprecio a tua opinião, mas não te deixes levar pelas aparências, nem pelas suas estaturas, porque eu os tenho rejeitado. O Senhor não vê como o homem vê, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração”. 

O que  procuras prestar mais atenção? Nas aparências ou discernir o que há por detrás delas?

"Mas o Senhor disse-lhe: “Não julgues pelo aspecto da pessoa, ou pela sua estatura. Não é esse aquele que eu escolhi. Eu não julgo da mesma forma que os homens. Estes fazem juízos de acordo com a aparência das coisas; mas eu olho para as intenções dos corações.”
1 Samuel 16:7

Do livro "Reflrexões sobre a vida Cristã" - Daniel de Luca

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Preparar o nosso fundamento

"Todos vocês já foram ao estádio e viram as corridas. Vários atletas correm, mas apenas um vence. Correr para vencer: é para isso que os bons atletas treinam duro. Eles fazem isso por uma medalha de ouro, que perde o brilho e o valor, mas vocês estão atrás da medalha que nunca envelhecerá."- 1 Coríntios 9:25
"O atleta que se recusa a jogar conforme as regras, nunca conquista um título." -  2 Timóteo 2:5


Pensa comigo num atleta de alto nível, independente da sua modalidade. Facilmente nos lembramos dos nomes de alguns campeões, medalhistas olímpicos e ícones famosos no seu desporto.
Em cada campeão percebemos o profundo nível de entrega à sua actividade, e o modo como cada um se preparou para o momento onde é coroado pelo seu empenho. Foram longos dias de treino, esforço e renúncia. 

Interessante ainda quando fazemos um certo exercício mental sobre isso: imagina o recordista dos 100 metros rasos participando de uma maratona. Feito isso, responde a ti mesmo: será que ele se sairia bem? Conseguiria chegar entre os primeiros lugares, repetindo a performance na sua especialidade desportiva? Por certo que não. O mesmo é válido caso o campeão da última maratona disputasse a prova dos 100 metros rasos. Percebes a diferença entre eles? Mesmo sendo os mais destacados na sua área, o facto é que cada modalidade exige uma preparação diferente. E é neste ponto que eu quero chegar contigo. 
Propósitos diferentes exigem preparações diferentes!

Usei anteriormente o exemplo das corridas para compor uma imagem da vida cristã.
Ser um discípulo de Jesus é equivalente a uma longa caminhada (ou uma maratona, se preferires).
Não fomos chamados para uma corrida breve de 100 metros, do tipo “pega a tua bênção e sai a correr”. Ao contrário, a vivência com Jesus deve ser intensa e experimentada no dia a dia.
Tal identificação é tão poderosa que os discípulos, ainda no início da Igreja, eram conhecidos como os “Do Caminho”. O próprio Jesus, ao falar de si mesmo, usa a expressão “Eu sou o Caminho...”. 

Portanto, vale a pena perguntar:
 “Como tem sido a minha preparação neste caminhar com Jesus?”.
Será que estamos a encarar a nossa trajectória como uma breve corrida, rápida o suficiente para alcançar a nossa resposta de oração e de seguida mudamos o curso para longe de Jesus?
Encaramos a nossa caminhada como uma estação, um tempo ao lado de Jesus de forma a obter alguma paz no meio de um conflito? Ou nos preparamos para uma jornada iniciada aqui, e que  irá continuar na eternidade? 

Medita por um pouco, e para te ajudar, reflecte comigo nesta frase:
“Jesus não é o lugar que se chega, mas o modo como se vai”. 

Como tem sido o “Caminho” que tu tens feito?

Do livro "Reflrexões sobre a vida Cristã" - Daniel de Luca

quarta-feira, 22 de julho de 2015

O verdadeiro Eu

Ninguém gosta de sofrer. Quem gosta de sofrer, é masoquista.
No entanto, é inevitável o sofrimento surgir na vida de todos nós.
Nestes últimos dias, tenho estado com uma dor imensa no meu ombro, que impede alguns movimentos e não me deixa dormir à noite como deveria.
Normalmente, a dor leva-me à oração. Oro por alívio, pela presença de Deus em mim, para que me ajude a suportar a dor. 
Mas hoje, num desabafo, pensei que já estava farta daquela dor que não me deixa de maneira nenhuma!
Depois, mais tarde, pensei que este não era o meu tipo de atitude. Não é meu costume reagir assim.
Mas aí,  recebi como que um estalo na cara: "Não, esta és tu. A tua dor apenas revela quem tu és."
É verdade! O sofrimento revela quem nós somos na verdade. Se confio mesmo em Deus, se Lhe sou mesmo fiel e obediente como digo que sou, se oro ou deixo de orar, se me queixo ou adoro a Deus, apesar da dor,  se deixo a amargura ou a auto-piedade tomar conta de mim ou não. 
Por isso, aprendi a pedir a Deus, para que quando surja dor na minha vida, que ela não seja desperdiçada.
Que no meio dela, eu me deixe transformar por Deus, ser usada por Ele, de modo que Ele venha cada vez mais, ser reflectido no meu ser.
Sempre que a dor surgir, seja física ou emocional, tenho de me lembrar de Hebreus 12:15, que diz:
"Tomem cuidado para que ninguém abandone a graça de Deus. Cuidado, para que ninguém se torne como uma planta amarga que cresce e prejudica muita gente com o seu veneno."

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Amiga mais chegada que uma irmã


Parece que hoje é o dia do Amigo!
E hoje despedi-me da minha querida amiga,  Roselita, como a trato carinhosamente.
As despedidas doem sempre, mesmo sabendo que não serão para sempre, que sejam um até breve.
No nosso caso, despedimo-nos assim:
"Seja aqui na Terra, seja na casa do nosso Pai celestial, voltaremos a estar juntas".

Deus diz-nos que há maior benção em dar do que em receber. 
Mas também é verdade que tudo o que plantamos, assim colheremos! 
É bom dar, mas também sabe muito bem receber os frutos daquilo que semeamos. 
Hoje colho os frutos bons desta amizade boa, que agradeço a Deus!

Ainda que esteja triste pelo oceano que nos separa, sinto-me alegre, porque sei que não há distância e nem tempo que separará  a nossa amizade!

A Canção do Evangelho

terça-feira, 14 de abril de 2015

Meio século

Eram 5:30 da manhã, e comecei a ouvir sons e ruídos que pareciam vir da sala ou cozinha.
Pensei logo que deveriam ser os gatos que teriam derrubado alguma coisa, na brincadeira.
E os barulhos persistiam.
Mas não me apetecia levantar para ver o que seria. Afinal, faltava pouco para o despertador tocar e eu me levantar, por isso deixei-me ficar.
Quando o despertador toca, às 6:00 da manhã, como habitualmente, a minha filha entra pelo quarto dentro para me dar logo um abraço e um beijinho de parabéns!
E é então que me dirijo à cozinha e para surpresa minha, a mesa do pequeno almoço já estava colocada!
Afinal, não eram os gatinhos, mas sim, uma "gatinha" linda que resolveu fazer essa surpresa neste dia em que completo meio século de vida!
De tanta coisa que poderia dizer, é bom chegar a esta idade com o coração cheio de gratidão: grata pelo marido que Deus me deu, pela minha filha maravilhosa, pelos meus pais e mães de coração, pela minha família, pelos amigos e acima de tudo e de todos, a Deus.
Ela é a razão da minha gratidão!
Até aqui Ele me trouxe!

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Páscoa e Natal

Conversava outro dia com alguém sobre a Páscoa e a certa altura, a pessoa diz-me que a Páscoa não era muito representativa para ela. Que gostava mais do Natal.
Eu até percebo que para uma grande multidão de pessoas, o Natal seja mais apelativo que a Páscoa.
Olhar para um bebé numa manjedoura é tão mais doce e suave do que olhar para Cristo crucificado e ser confrontado com a dolorosa verdade: de que foi o meu e o teu pecado que O levou à Cruz!

Dizia essa pessoa que se não tivesse existido o Natal, a Páscoa também não teria acontecido.
Só que a Páscoa, já tinha acontecido sim, quando o povo judeu foi libertado há milhares de anos atrás, da escravidão do Egipto. Essa foi a primeira Páscoa!
A Páscoa simbolizava a libertação, a passagem da escravidão para a liberdade e era uma pré-figura daquilo que Cristo, a nossa Páscoa,  viria consumar anos mais tarde pela humanidade.
Jesus poderia ter "nascido" sim, mas se Ele não tivesse consumado o Seu amor por nós na cruz, vencendo o pecado, a morte e Satanás, o Natal de nada valeria!
Por isso, como cristã e discípula de Jesus, a Páscoa é a consumação total do Amor de Deus por mim!
Na Cruz, Jesus pagou o preço da dívida que eu nunca, jamais, poderia pagar! 
Na Cruz, morri com Jesus!
Mas na Ressurreição, sou nova criatura! Nasci de novo! Tenho vida em abundância!
O Natal trouxe Deus até ao homem, mas a Cruz, leva o homem até Deus!


quinta-feira, 2 de abril de 2015

Ressurreição e Vida


Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá;  e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso?”
João 11.25



No Calvário Jesus experimentou a morte por cada homem, mulher e criança.

Na Sua ressurreição,  Jesus agora aguarda todo o ser humano do outro lado da morte.  Ele convida todo o ser humano a sair da morte com Ele.
Calvário não é somente a morte de Cristo.  É a morte de todo o ser humano.

Por causa da morte de Jesus no Calvário qualquer ser humano pode ouvir Jesus chamando:  “Venha para fora da morte!”.
Agora qualquer homem, mulher ou criança pode vencer a morte em união com Jesus.

Pregar o evangelho é falar para todos os seres humanos que Jesus está chamando do outro lado da morte dizendo:  “Venha! Viva!”  
Aqueles que ouvem a voz de Jesus e crêem nesta oferta de vida podem dizer:


  “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim." Gálatas 2.20.

Jesus não veio transformar pessoas más em pessoas boas.  
Ele veio tornar pessoas mortas em pessoas vivas.


Texto de Carlos MacCord - Ministério Permanecer

terça-feira, 31 de março de 2015

O último dia do ladrão da cruz




O ladrão da cruz parecia estar no seu pior dia, mas graças à Graça soberana de Deus, tornou-se o seu melhor dia na Terra.
Esse é o poder do Evangelho!

Josemar Bessa

quinta-feira, 26 de março de 2015

40 curiosidades sobre o nosso corpo

E há quem acredite que tudo se formou por acaso?

1. Um glóbulo vermelho comum vive cerca de 120 dias.

2. Há 2,5 trilhões (mais ou menos) de glóbulos vermelhos no teu corpo a qualquer momento. Para manter esse número, cerca de dois milhões e meio de novos precisam ser produzidos a cada segundo pela tua medula óssea. Isso é como uma nova população da cidade de Toronto a cada segundo.

3. Considerando todos os tecidos e células no teu corpo, 25 milhões de novas células estão sendo produzidas a cada segundo. Isso é um pouco menos do que a população do Canadá – a cada segundo!

4. Um glóbulo vermelho pode circunavegar pelo teu corpo em menos de 20 segundos.

5. Impulsos nervosos viajam a mais de 400 km/h.

6. Um espirro gera um vento de 166 km/h, e uma tosse sai a 100 km/h.

7. O nosso coração bate em torno de 100.000 vezes por dia ou cerca de 30 milhões de vezes num ano.

8. O nosso sangue viaja 96.000 kilómetros por dia.

9. Os nossos olhos podem distinguir cerca de 10 milhões de cores e absorverá mais informações do que o maior telescópio conhecido pelo homem.

10. Os nossos pulmões inalam mais de dois milhões de litros de ar por dia. A sua área de superfície é grande o suficiente para cobrir uma quadra de ténis.

11. Nós “damos à luz” mais de 200 bilhões de glóbulos vermelhos a cada dia.

12. Quando tocamos algo, nós enviamos uma mensagem para o nosso cérebro a 200 km/h.

13. Nós exercitamos pelo menos 36 músculos quando sorrimos.

14. Somos cerca de 70% água.

15. Nós produzimos cerca de 1 a 1,6 litros de saliva por dia.

16. O nosso nariz é o nosso sistema de ar condicionado pessoal: ele aquece o ar frio, esfria o ar quente e retira impurezas.

17. Numa polegada quadrada da nossa mão, temos 2,74 metros de vasos sanguíneos, 600 sensores de dor, 9.000 terminações nervosas, 36 sensores de calor e 75 sensores de pressão.

18. Temos cobre, zinco, cobalto, cálcio, manganês, fosfato, níquel e silício no nosso organismo.

19. Acredita-se que o objectivo principal das sobrancelhas é manter o suor longe dos olhos.

20. Uma pessoa pode respirar cerca de 20 quilos de pó durante a sua vida.

21. Há mais organismos vivos na pele de um ser humano do que há seres humanos sobre a superfície da Terra.

22. A partir dos 30 anos, os seres humanos começam gradualmente a diminuir de tamanho.

23. O teu corpo contém ferro suficiente para fazer um ponto forte o suficiente para manter o teu peso.

24. A área de superfície de um pulmão humano é igual à de uma quadra de ténis.

25. A maioria das pessoas perde 50% das suas papilas gustativas quando atinge os 60 anos.

26. A quantidade de carbono no corpo humano é o suficiente para fabricar cerca de 9.000 lápis.

27. Um centímetro quadrado de pele humana contém 625 glândulas sudoríparas.

28. Quando te  envergonhas, o teu estômago também se avermelha.

29. O corpo humano tem menos músculos do que uma lagarta.

30. Se  pudesses gravar todas as vezes que os teus olhos piscam num tempo de vida e usar todas as piscadas de uma vez,  verias a escuridão por 1,2 ano.

31. A vida útil de uma papila gustativa é de 10 dias.

32. É impossível espirrar com os olhos abertos (não tentes fazer isso).

33. Aperta o máximo que conseguires uma bola de ténis. Tu estás a usar mais ou menos a mesma quantidade de força que o teu coração usa para bombear o sangue para todo o corpo.

34. A aorta, a maior artéria do corpo, tem quase o diâmetro de uma mangueira de jardim.

35. Os vasos capilares, por outro lado, são tão pequenos que são precisos 10 deles para igualar a espessura de um cabelo humano.

36. O teu corpo tem cerca de 5,6 litros de sangue, que circulam pelo organismo 3 vezes a cada minuto.

37. O coração bombeia cerca de 1 milhão de barris de sangue durante uma vida média – que é o suficiente para encher 2 super-petroleiros!

38. Os bebés começam a sonhar mesmo antes de nascer.

39. Os seres humanos são os únicos primatas [sic] que não têm pigmentação nas palmas das mãos.

40. 10% do peso seco humano vem de bactérias.

segunda-feira, 23 de março de 2015

O saldo


Às vezes, ver o saldo do dia assusta-nos.  Às vezes, ver o saldo do dia alegra-nos.  No fim, ninguém escapa do saldo do dia.

É impossível chegar à verdade sobre qualquer assunto, sem lidar com o saldo.  Quanto temos e quanto sobrou no fim do dia é o saldo que nos orienta, inspira ou nos deixa medrosos e paralisados.

Jesus é a saldo do universo e o saldo de cada dia.  É Jesus quem deveria ser o saldo do dia de cada ser humano, porque Ele veio nos dar vida e vida com abundância.

Vendo o saldo de cada dia é muito fácil ficar desorientado, paralisado e cheio de medo neste mundo actual. Basta tirar os olhos de Jesus e eventualmente o saldo do dia sem Ele se revelará.

Viva Jesus como sendo o seu saldo de cada dia e você será livre do medo e a sua vida interior se encherá com a alegria do saldo divino.

“Jesus é tudo e está em todos.”  Col. 3:11

terça-feira, 10 de março de 2015

Saudade é o amor que fica



Como médico oncologista, já calejado com longos 29 anos de actuação profissional, posso afirmar que cresci e modifiquei-me com os dramas vivenciados pelos meus pacientes. Não conhecemos a nossa verdadeira dimensão até que, apanhados pela adversidade, descobrimos que somos capazes de ir muito mais além.

Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei os meus primeiros passos como profissional. Comecei a frequentar a enfermaria infantil e apaixonei-me pela oncopediatria.

Vivenciei os dramas dos meus pacientes, crianças vítimas inocentes do cancro. Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento das crianças.

Até o dia em que um anjo passou por mim! O meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada por dois longos anos de tratamentos diversos, manipulações, injecções e todos os desconfortos trazidos pelos programas químicos e radio terapias. Mas nunca vi o pequeno anjo fraquejar. Vi-a chorar muitas vezes; também vi medo em seus olhinhos; porém, isso é humano!

Um dia, cheguei ao hospital cedinho e encontrei o meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe. A resposta que recebi, ainda hoje, não consigo contar sem vivenciar profunda emoção.

— Tio, disse-me ela — às vezes a minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores.Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade. Mas, eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida!

Indaguei: — E o que morte representa para você, minha querida?

- Olha tio, quando a gente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e, no outro dia, acordamos em nossa própria cama, não é? (Lembrei das minhas filhas, na época crianças de 6 e 2 anos, com elas, eu procedia exactamente assim.) É isso mesmo.

- Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira!

Fiquei "entupigaitado", não sabia o que dizer. Chocado com a maturidade com que o sofrimento acelerou, a visão e a espiritualidade daquela criança.

- E minha mãe vai ficar com saudades - emendou ela.

Emocionado, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei:

- E o que saudade significa para você, minha querida?

Saudade é o amor que fica!

Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um a dar uma definição melhor, mais directa e simples para a palavra saudade: é o amor que fica!

Meu anjinho já se foi, há longos anos. Mas, deixou-me uma grande lição que ajudou a melhorar a minha vida, a tentar ser mais humano e carinhoso com os meus doentes, a repensar os meus valores. Quando a noite chega, se o céu está limpo e vejo uma estrela, chamo pelo "meu anjo", que brilha e resplandece no céu.

Imagino ser ela uma fulgurante estrela na sua nova e eterna casa.

Obrigado anjinho, pela vida bonita que teve, pelas lições que me ensinaste, pela ajuda que me deste. Que bom que existe saudade! O amor que ficou é eterno.

(Dr. Rogério Brandão, oncologista)


Fonte: ContiOutra

quinta-feira, 5 de março de 2015

Luz na escuridão

A energia foi-se abaixo e tudo ficou escuro.
Abria os meus olhos como se isso me ajudasse a ver melhor e ia tateando as coisas ao meu redor para reconhecer onde me encontrava, até encontrar o local onde guardo as velas e a lanterna.
Aos poucos, os meus olhos habituaram-se à escuridão e então, pareceu que começava a distinguir pontos de luz. 
A sensação de acender a luz de uma vela no meio do escuro é deliciosa! Naquele momento, a luz frágil e fraca da vela é como uma explosão de luz que consegue iluminar toda a sala!

Tantas vezes sucede algo na nossa vida que nos deixa assim, na escuridão.
Sentimo-nos desorientados, sem saber por onde ir, aflitos por uma luz que nos dê alguma direcção.
Mas Deus pode usar essa mesma escuridão para que deixemos de ver muitas das coisas que nos afastam Dele e aprender-mos a focar apenas a Ele!  
Deus deixa–nos no escuro até que consigamos ver a Sua luz. Muitas vezes, é só assim que Deus consegue a nossa atenção para que seguremos a Sua mão e juntos caminharmos na mesma direcção.
E sei que posso confiar no meu Pai Eterno, pois a cada passo, Ele irá dar-me a luz que preciso para caminhar.

"Escutem, vocês que temem o Senhor e obedecem às ordens do seu servo: se o caminho em que andam é escuro, sem nenhum raio de luz, confiem no Senhor, ponham a sua esperança no seu Deus."
 Isaías 50:10 


terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Anseio da alma

Que bela casa, Senhor dos Exércitos de Anjos! Eu sempre quis morar num lugar assim! Sempre sonhei com um quarto na tua casa, onde eu pudesse cantar de alegria ao Deus vivo!
Os passarinhos encontram espaço na tua casa; os pardais e as andorinhas fazem ninhos nos beirais. Eles poem ovos e criam os seus filhotes, cantando as tuas canções no lugar em que adoramos. Senhor dos Exércitos de Anjos! Rei! Deus! Como são abençoados por viver e cantar ali!

Como são abençoados todos aqueles em quem habitas: a vida deles é a estrada pela qual transitas. Eles passeiam por vales solitários, descobrem riachos e encontram fontes frescas e lagoas transbordantes de chuva! Guiadas por Deus, essas estradas contornam as montanhas e, lá em cima, convergem em Sião! Deus está à vista!
Ouve, ó Senhor dos Exércitos de Anjos! Ó Deus de Jacó, abre os ouvidos - estou a orar!  Observa os nossos escudos, reluzindo ao sol, a nossa face brilhando com a tua unção.

Um dia passado na tua casa, neste lindo lugar de adoração, é melhor que várias temporadas nas ilhas mais belas. Prefiro esfregar o chão da casa do meu Deus a ser honrado no palácio do pecado. 

O Eterno é todo luz e soberania, generoso e glorioso. Ele não pressiona os seus companheiros de viagem. 

Com o Senhor dos Exércitos de Anjos a travessia é tranquila. 

Salmo 84 - Versão "A Mensagem"




quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Alegria II


Tomar a decisão simples, como ler a Bíblia todos os dias,  é uma das escolhas mais estratégicas em direcção à alegria que tu farás!
A Bíblia é infinitamente mais poderosa do que qualquer outra resposta humana para doenças emocionais. 
A Bíblia não é simplesmente um livro plano. É uma fonte dinâmica de poder do céu. 
Tantas pessoas que me costumam dizer que não entendem a Bíblia ... e eu respondo que está O.K. ! Apenas continua a lê-la! Não desistas! Nem sempre lemos a Palavra de Deus para buscar informação, mas sempre a lemos para nossa transformação !
Eu garanto que o que a tua mente não é capaz de entender, o teu espírito irá absorver!

Porque realmente, tu tens um inimigo, nós temos um inimigo! E ele realmente entende o poder que um cristão extrai da leitura da Bíblia ... o diabo vai fazer qualquer coisa e tudo do que ele for capaz para te convencer a não ler a Palavra de Deus ! Oh se vai!
A disciplina não é fácil e sempre requer um grande foco e intenção da nossa parte. Mas eu digo: não dês desculpas do porquê de não poderes ler a Bíblia ontem ou de que não serás capaz de ler a Bíblia hoje! Basta fazê-lo ! A escolha e decisão são tuas! 

Faz a escolha poderosa de passar tempo todos os dias na Palavra de Deus e terás alegria suficiente para compartilhar com o mundo ao teu redor! 
Passar tempo com Deus, fará toda a diferença na maneira com irás experimentar a força da Sua alegria!

A minha oração para ti hoje é que possas declarar como o profeta Jeremias : 



"As Tuas palavras tornaram-se para mim a alegria e o júbilo do meu coração ! " - Jeremias 15:16

Texto traduzido e adaptado por mim
Original escrito por Carol McLeod  Just Joy Ministries

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Estrela da Manhã

Este ano resolvi deixar a luz da estrela iluminar a casa todo o ano, em vez de ser apenas na época do Natal.
Gosto tanto do ar acolhedor com que a sala fica com aquela luz ali a brilhar! E pensei:  o que me impede, afinal? Jesus não é a resplandecente estrela da manhã? Ele disse que é a luz do mundo!
Então, porque não simbolizar a Luz todo o ano no meu lar? Sei que Jesus me pede para eu ser luz também e procuro a cada dia sê-lo, neste mundo tão cheio de escuridão espiritual.
Mas gosto de chegar à sala e ao acender a luz da estrela, pensar na Estrela da Manhã, que a cada dia que passa, está mais perto de voltar! 
Que esta luz brilhe em ti também!

"Falando novamente ao povo, Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida”. João 8:12 

“Eu, Jesus, sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã”.  Apocalipse 22:16 


sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Esperança versus Ilusão

"Não devemos confundir esperança com ilusão.
Ilusão é um barco onde navegamos à deriva enquanto esperamos chegar a terra firme.
Esperança é remar todos os dias um bocado até chegar à terra firme.
Ilusão é um barco à deriva.
Esperança é remar!"


quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

A vida é tão rara

Lenine - Paciência

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não pára

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso, faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara

Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência

O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência

Será que é tempo
Que lhe falta pra perceber?
Será que temos esse tempo
Pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não pára não

Será que é tempo
Que lhe falta pra percebe?
Será que temos esse tempo
Pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não


quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Dias difíceis, boas atitudes

"Se a situação é boa, desfruta dela.
Se a situação é ruim, transforma-a.
Se não há como transformar a situação, transforma-te."

Viktor Frankl - Psicólogo judeu que esteve preso nos campos de concentração nazi.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Alegria

Nas últimas semanas, tenho feito no meu tempo devocional, leituras na Bíblia sobre a alegria, em conjunto com textos escritos por Carol McLeod, da aplicação You  Version - Bíblia para smartphones e tablets. (Já agora, recomendo esta aplicação da Bíblia, pois tem imensos recursos que nos ajudam a crescer e a amadurecer na nossa caminhada junto ao Senhor).
Por isso, gostaria de partilhar nos próximos dias, alguns pensamentos que retive sobre a alegria do cristão e de como viver essa mesma alegria além das circunstâncias.

_____________________ ****** _____________________

- Jesus entrou no nosso mundo anunciando alegria. 
"Alegria" foi a primeira palavra usada para descrever e anunciar a entrada ou a chegada de Jesus à Terra.
E a alegria deve ser também a marca de nascença de cada cristão. 

Lucas 2:10 > "Mas o anjo disse-lhes: Não tenham medo! Venho aqui trazer-vos uma boa nova que será motivo de grande alegria para todo o povo."

_______________________ ******* ______________________

"A alegria é a capacidade de experimentar na nossa humanidade, as bençãos que o Senhor tem na sua divindade." - Carol McLeod

________________________ ******* ______________________

As circunstâncias deste mundo podem roubar a nossa felicidade, mas nunca a nossa alegria. A alegria é o teste que determina se estou realmente decidida a permanecer na presença de Deus ou não.

Tiago 1:2-3 > Amigos, quando lutas e aflições os atingirem em cheio, saibam que isso é um presente especial. Vocês verão como a fé será fortalecida e como terão forças para continuar até ao fim. Por isso, 




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...